Lisboa › SEXTA 10 OUTUBRO › 18h00 CINEMA SÃO JORGE – Sala 3
Lisboa › DOMINGO 12 OUTUBRO › 15h00 CINEMA SÃO JORGE – Sala 3
GUIMARÃES › SEGUNDA 03 NOVEMBRO › 14h30 Centro Cultural Vila Flor (Sessão escolar)

Realizador : Pierre-François Martin-Laval
Actores : Christian Clavier, Isabelle Nanty, Pierre-François Martin-Laval, Kev Adams, François Morel
Produção : Les Films du 24
Género: Ficção
Duração: 1 h 28 min
Fotografia: Régis Blondeau
Som: Pierre André
Montagem: Thibaut Damade
Origem: França
Estreia em França: 17/04/2013
Argumento : Pierre-François Martin-Laval / Mathias Gavarry
Distribuidor: UGC Distribution
Distribuidor em Portugal : NOS

Realizador
De Marselha, Pierre François Martin-Laval, dito “PEF“ fica conhecido por ter criado vários personagens burlescos para a televisão: Richard Coeur-de-Lion, Pouf le Cascadeur, le flic Van Loc ou ainda Monsieur Merdocu. Com Daniel Prévost em La Vérité si je mens! 2 (2001) e Astérix et Obélix : mission Cléopâtre (2002), ao lado de Eric e Ramzy em La Tour Montparnasse infernale (2001) e Edouard Baer em Le Bison (2003). Ele surpreende com a sua primeira longa-metragem, o romântico Essaye-moi, seguindo-se King Guillaume, a sua segunda realização.

Sinopse
Com 12% de aproveitamento ao nível do 12° ano, o Liceu Jules Ferry é o pior liceu de França. Tendo esgotado todos os métodos convencionais, o Director da Inspecção académica, desesperado, aceita os conselhos do seu adjunto. Este propõe-lhe recrutar uma equipa de professores segundo uma nova fórmula: para os piores alunos recrutam-se os piores professores, o mal resolve-se com o mal … esta é a última tentativa de salvar o estabelecimento, com a condição de ultrapassar o limite dos 50% de aprovação no 12° ano. O Inspector aceita, para o bem e … para o mal.

Críticas
“Um filme sobre uma sucessão « desopilante » de sketches que relembra os delírios humorísticos dos não muito capazes que fizeram o 12° ano” (Frédéric Mignard, aVoir-aLire.com)