Lisboa › SÁBADO 04 OUTUBRO › 21h00 CINEMA SÃO JORGE – Sala 3

Realizador: Hélier Cisterne
Actores  : Zinedine Benchenine, Chloé Lecerf, Emilie Berling, Jean-Marc Barr, Brigitte Sy, Ramzy Bedia, Marina Foïs, Corinne Masiero, Isabelle Sadoyan, Sophie Cattani
Género : Drama
Duração : 1 h 24 min
Argumento: Hélier Cisterne /Gilles Taurand/Katell Quillévéré
Fotografia : Hichame Hallaouié
Som: Florent Klockenbring, Benjamin Viau
Montagem: Thomas Marchand
Produção : Les Films du Bélier
Coprodução: Rhône-Alpes Cinéma, Hérodiade
Produção estrangeira: Tarantula Belgique
Exportação/Vendas internacionais: Films Distribution
Distribuição França: Pyramide Distribution
Estreia em França: 09/10/2013

Realizador
Actor, realizador, argumentista, Hélier Cisterne estudou filosofia na Universidade Paris VIII onde realizou a sua primeira curta-metragem aos 22 anos. Em 2008, ganhou o “Prix Jean-Vigo” das curtas-metragens com Les Paradis perdus que vencerá também o Lutin para Melhor argumento na Nuit des Lutins 2009, um prémio partilhado com Claire Begin , Gilles Taurand .

Sinopse
Chérif, 15 anos, é um adolescente rebelde e solitário. A mãe incapaz de ultrapassar a situação, decide que ele irá viver com os tios em Strasbourg, onde poderá concluir o seu curso de pedreiro. É a sua última oportunidade. Rapidamente nesta nova vida, Chérif sufoca. Mas todas as noites, grafitistas criam obras nos muros da cidade. Um novo mundo surge para Chérif ….

Prémio
Prémio da Crítica no City of Lights, City of Angels (Col-Coa) – Los Angeles – 2014

Críticas
Um primeiro filme singular e fugaz (Romain Blondeau, Les inrockuptibles)

Festivais
City of Lights, City of Angels (Col-Coa) – Los Angeles – 2014
Panorama du cinéma français en Chine – 2014
Festival international du film francophone de Namur – 2013