anne-fontaine_copyright-jerome-presboisA realizadora Anne Fontaine, com uma forte ligação a Portugal, honra-nos com a sua presença, sendo também a Madrinha desta edição, depois de Sandrine Bonnaire, Carole Bouquet, Maria de Medeiros, Agnès Jaoui, o grupo DansasAparte, e Jean-Jacques Annaud. Estará presente para apresentar o seu filme Agnus Dei /As Inocentes e outros filmes do ciclo que lhe dedicamos.
Anne Fontaine é actriz, realizadora e argumentista e a Festa do Cinema Francês tem seguido o seu trabalho de perto (16 filmes). É a sua terceira presença na Festa do Cinema Francês e, desta vez, como Madrinha. Para além de apresentar Agnus Dei /As Inocentes com Lou de Laâge, Vincent Macaigne e Agata Buze, um drama histórico situado na Polónia de 1945, muito bem recebido pela crítica e pelos espectadores, Anne Fontaine apresentará e conversará com o público num ciclo que lhe é dedicado.

anne-fontaine_perfect-mothers Nascida Anne-Fontaine Sibertin-Blanc, em 1959, no Luxemburgo, passou uma parte da sua infância e adolescência em Lisboa. Bailarina de profissão, o cinema veio nos anos 80, enquanto actriz. No teatro, colaborou com Fabrice Luchini, em 1986, na encenação de Voyage au Bout de la Nuit de Louis-Ferdinand Céline. O seu primeiro filme enquanto realizadora (Les Histoires d’Amour Finissent Mal… en General) conquistou o Prémio Jean Vigo em 1993. Seguiram-se, Augustin, Roi du Kung-Fu, (1999), Nouvelle Chance, Nettoyage à Sec (1997), Comment j’ai Tué Mon Père, que valeu a Michel Bouquet o César Melhor Actor, Nathalie… (2003), Entre ses Mains (2005), La Fille de Monaco, Coco Avant Chanel (2009), Mon Pire Cauchemar/O Meu Pior Pesadelo, Perfect Mothers/Paixões Proíbidas (2013), Gemma Bovery (2014), Les Innocentes (2015) e, proximamente, Marvin.