DJANGO

(Melodias de Django)
de Étienne Comar | Drama | 2016 | 1h55

Com: Reda Kateb, Cécile de France, Beata Palya, Bimbam Merstein, Gabriel Mirété
Argumento: Étienne Comar, Alexis Salatko
Origem: França
Produção: Olivier Delbosc, Marc Missonnier
Vendas Internacionais: Pathé Distribution
Distribuição em Portugal: Pris Audiovisuais
Estreia em França: 26/04/2017
Estreia em Portugal: 12/10/2017
Festivais: Berlinale, 2017 – Filme de Abertura

A história de Django Reinhardt, famoso guitarrista e compositor francês, perseguido pelo regime nazi por ter raízes ciganas, durante a Segunda Guerra Mundial, em 1943. Reda Kateb faz renascer o príncipe cigano com a sua grandeza e paradoxos.

O Realizador: Licenciado na La Fémis em 1992, inicia-se na produção, colaborando nos filmes Boris Godounov de Andrzej Zulawski e Van Gogh de Maurice Pialat. Lança-se na produção de filmes independentes com a empresa Playtime e Vendôme Production. Produz uma quinzena de longas-metragens de realizadores como Laurent Bouhnik e Philippe Le Guay. A partir de 2009, colabora como argumentista e produtor em Des Hommes et des Dieux e La Rançon de la Gloire de Xavier Beauvois, ou Mon Roi de Maïwenn. Em 2014, co-produz Timbuktu de Abderrahmane Sissako e em 2016, realiza o seu primeiro filme, Django.

Cécile de France é um ícone dos anos 50. O suspense é equilibrado e os papéis secundários bem conseguidos. Tudo em harmonia perfeita.
Pierre Vavasseur, Le Parisien

LISBOA, QUARTA 11 OUT 21h30 UCI Cinemas – El Corte Inglés *com presença do realizador
CASCAIS, QUINTA 12 OUT 21h30 *com presença do realizador