LES FANTÔMES D’ISMAËL

(Os Fantasmas de Ismaël)

de Arnaud Desplechin | Drama | 2017 | 2h15

Com: Mathieu Amalric, Marion Cotillard, Charlotte Gainsbourg, Louis Garrel
Argumento: Arnaud Desplechin, Julie Peyr, Léa Mysius
Origem: França
Produção: Pascal Caucheteux
Vendas Internacionais: Wild Bunch
Distribuição em Portugal: Lanterna de Pedra
Estreia em França: 17/05/2017
Festivais: Festival de Cannes – Filme de Abertura, 2017

Ismaël é um cineasta que se prepara para realizar um filme sobre um diplomata atípico inspirado no seu irmão. Apesar de ter conseguido estabelecer um relacionamento duradouro com Sylvia, Ismaël vive ainda traumatizado devido ao súbito desaparecimento da sua esposa, Carlotta, ocorrido há mais de 20 anos. Entretanto, a reaparição de Carlotta abala não só o relacionamento de Ismaël e Sylvia, como a própria estabilidade alcançada por Ismaël.

O Realizador: Arnaud Desplechin, cuja filmografia a Festa do Cinema Francês tem seguido ao longo das suas edições — Un Conte de Noël, Rois et Reine, Esther Khan, Comment je me Suis Disputé… (ma Vie Sexuelle), Trois Souveniers de ma Jeunesse… — é o Padrinho da 18ª Festa do Cinema Francês. Um dos mais importantes autores do cinema francês de hoje, Arnaud Desplechin inovou na forma de filmar os sentimentos, encontrando o equilíbrio perfeito entre o documentário e a fantasia. Através das histórias de família, os seus segredos e nevroses, um dos temas mais recorrentes no seu cinema, Desplechin desafia as linhas de força entre o presente e o ausente, as palavras e as coisas, os mortos e os vivos. Imprevisível e desconcertante, dizem uns, obcecado por fazer filmes para outros e conseguir tocá-los, diz ele.

Reencontramos, neste filme, o enorme Arnaud Desplechin, autor de obras como La Sentinelle e Rois et Reine. Com Les Fantômes d’Ismaël, regressa a esse lado autobiográfico, romanceado, burlesco, analítico, reflectindo sobre a vertigem da intimidade, da política, da arte, do corpo, do pensamento e do processo criativo.
Serge Kaganski, Les Inrockuptibles

LISBOA, SEXTA 6 OUT 21h30 Cinema São Jorge – Sala Manoel de Oliveira *com a presença do realizador