Anne Fontaine

Anne Fontaine (1959) viveu até aos 15 anos em Lisboa e fala um português perfeito. É bailarina de formação, que começou por estudar no Conservatório de Lisboa, mas nos anos 80 iniciou a carreira como actriz. O seu primeiro filme como realizadora, Les histoires d’amour finissent mal… en général (1993), recebeu logo o Prémio Jean Vigo. Dois anos mais tarde surge com a média-metragem Augustin, personagem que reaparecerá nas longas Augustin roi du kung-fu, de 1999, e Nouvelle chance, de 2006.

Nettoyage à sec (1997) e Comment j’ai tué mon père (2001), que deu o César para Melhor Actor a Michel Bouquet, foram filmes que realizou entretanto, tal como Nathalie… (2003). Anne Fontaine surpreendeu em 2005 com o thriller Entre ses mains.

Com La fille de monaco (2006) volta à comédia e em 2009 tenta o registo biográfico, com Coco avant Chanel. Mon pire cauchemar, Perfect Mothers e Gemma Bovery são os filmes que realizou entre 2011 e 2014. O filme Les innocentes foi apresentado na edição de 2016 da Festa do Cinema Francês, ano em que aceitou ser a madrinha do festival.