Patrick Mario Bernard & Pierre Trividic

Foi como guionista que Pierre Trividic entrou no mundo do cinema, vindo do Direito e da História da Arte mas nesses mesmo anos 1980 também realizou trabalhos em vídeo e curtas-metragens de carácter experimental, como La Différence entre l’amour (1991). Mas foi com um documentário de 1999 sobre um nome fundamental da literatura de Ficção Científica, H. P. Lovecraft, que Trividic, juntamente com o seu companheiro Patrick Mario Bernard, se deu a conhecer. E depois deram-se a conhecer ainda mais intimamente com a média-metragem Ceci est une pipe, uma reflexão sobre o acto sexual apresentada em 2001. E voltam a contracenar na sua primeira longa-metragem Dancing (um home movie de 2003). Seguiu-se, em 2008 e com um prémio de interpretação no Festival de Veneza, a longa L’Autre, sobre essa coisa doentia que pode ser a inveja. Patrick Mario Bernard também trabalhou como ilustrador, cenógrafo e encenador de teatro até 1995.