Rémi Bezançon

Rémi Bezançon (1971) já foi convidado da Festa do Cinema Francês e boa parte dos seus filmes foram apresentados nas edições da Festa. 

A sua primeira longa-metragem foi Ma vie en l’air, uma comédia realizada em 2005 que foi logo nomeada para os Prémios César na categoria Melhor Esperança. O filme seguinte, Le premier jour du reste de ta vie, foi o tal que o próprio Bezançon apresentou em Lisboa, em 2009. Teve um enorme sucesso de público e recebeu três prémios César. As questões da maternidade, as alegrias e os receios que lhe estão associadas, foram tratadas por Bezançon no seu filme seguinte, Un heureux événement, de 2011. No ano seguinte surpreendeu ao apresentar a história da primeira girafa a chegar a território francês, com o filme de animação Zarafa, co-realizado com Jean-Christophe Lie. O seu filme anterior a este Le mystère Henri Pick foi Nos futurs, de 2015.